Início Mundo AO MINUTO: Madeira vai vacinar crianças; Futura pandemia? "Mais letal"

AO MINUTO: Madeira vai vacinar crianças; Futura pandemia? "Mais letal"

Todos dias são detetados novos casos da variante Ómicron em diversos países – hoje, por exemplo, foi o caso da Tailândia e Argentina -, estando consequentemente o número de contágios a subir a nível mundial.

O apelo à vacinação em Portugal mantém-se, tanto por parte da Direção-Geral da Saúde como por figuras de renome. O país conta já com um avanço na vacinação da dose de reforço, tendo tido ontem início a administração da 2.ª dose da vacina da Janssen para pessoas com mais de 50 anos.

A vacinação de crianças dos 5 aos 11 anos foi recomendada por vários peritos, segundo revelou o comentador Luís Marques Mendes, sendo que a Região Autónoma da Madeira apontou dia 14 para iniciar a sua administração.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

8h35 – Alemanha com mais 27.836 casos e 81 mortes por Covid-19

Atualmente, o país conta com menos 9.800 casos ativos do que ontem. A incidência dos últimos sete dias é de 441,9 por 100 mil habitantes, número superior ao registado na véspera (439,2). Neste momento, o número total de casos ativos é de, aproximadamente, 962 mil.

8h20 – Emigrantes no Canadá esperam regresso normal após férias de Natal

A comunidade portuguesa no Canadá já se “mentalizou que tem de viver com a pandemia”, aprendendo a tomar as respetivas precauções, sendo que muitos já vão passar a época natalícia em Portugal. 

8h13 – Futuras pandemias poderão ser mais letais que Covid-19, diz criadora da vacina de Oxford

Uma das criadoras da vacina da Oxford-AstraZeneca, Sarah Gilbert, afirmou que as pandemias do futuro poderão ser mais letais que a Covid-19. As declarações, citadas pela BBC, foram proferidas durante uma palestra, este domingo. Gilbert sublinhou a necessidade de mais fundos para manter os avanços que foram criados para esta pandemia e, assim, preparar a próxima.

“Esta não será a última vez que um vírus ameaça as nossas vidas e realidades. A verdade é que a próxima poderá ser pior. Poderá ser mais contagiosa, mais letal ou ambas”, disse a especialista.

8h09 – Aumentou confiança nos profissionais de saúde, políticos penalizados, diz estudo
 
Os portugueses têm revelado níveis elevados de confiança nos médicos, enfermeiros e outros profissionais da área da saúde, da ciência e da educação, mas a confiança depositada nos políticos baixou, ao longo da pandemia de Covid-19.

Estas são conclusões de um estudo da autoria de Miguel Ricou, professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e investigador do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde.

7h40 – Risco de infeção é menor com máscaras PFF2?

Máscaras do tipo PFF2 – equivalentes a outros padrões internacionais conhecidos como N95, KN95 e P2 – oferecem quase 100% de proteção contra a Covid-19, segundo um estudo do Instituto Max Planck, da Alemanha.

7h35 – Tailândia regista primeiro caso de variante Ómicron

As autoridades sanitárias da Tailândia anunciaram hoje que detetaram o primeiro caso da variante Ómicron do vírus SARS-CoV-2, num viajante dos Estados Unidos que chegou ao país num voo proveniente de Espanha.

7h27 – Insuficiência de registos civis pode deixar milhões sem vacinas em África

A insuficiência dos registos civis em África poderá excluir milhões de pessoas da vacinação contra a covid-19 por falta de acesso a documentação e serviços de saúde, indica um estudo da Fundação Mo Ibrahim publicado hoje. 

7h20 – Argentina deteta primeiro caso da variante Ómicron

A Argentina detetou no domingo o primeiro caso da variante Ómicron do vírus SARS-CoV-2, num residente que regressou de uma viagem de trabalho à África do Sul, informou o Ministério da Saúde. Os viajantes que tenham estado no continente africano nas últimas semanas são obrigados a cumprir quarentena, devendo efetuar um teste PCR para poderem sair do isolamento.

7h15 – China deteta 61 casos nas últimas 24 horas

A China detetou 61 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, incluindo 38 por contágio local, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. Os casos locais foram diagnosticados nas províncias da Mongólia Interior (28), Heilongjiang (sete), Yunnan (dois) e Hebei (um).

7h07 – Cabo Verde entre países africanos capazes de cumprir meta de vacinação

Cabo Verde deverá ser um dos únicos cinco países africanos a atingir a meta da Organização Mundial de Saúde (OMS) de vacinar totalmente 40% da população até ao final do ano, estima um estudo da Fundação Mo Ibrahim publicado hoje. 

7h00 – Bom dia! Damos agora início ao acompanhamento da Covid-19. Pode recordar os acontecimentos anteriores aqui.

Leia Também: Portugal regista mais 3.786 casos e 23 óbitos por Covid-19