Início Notícias FIFA quer que EA pague mil milhões de dólares para uso de...

FIFA quer que EA pague mil milhões de dólares para uso de nome em jogos

A Electronic Arts (EA) mostrou recentemente a intenção de alterar o nome da sua série de jogos de futebol ‘FIFA’, surgindo notícias pouco depois a dar conta que está a ser considerado o nome ‘EA Sports FC’.

Agora, o New York Times está a avançar com a notícia que estas movimentações da EA estão relacionadas com a decisão da FIFA de cobrar o dobro do que pede atualmente pela sua licença de uso. Diz a publicação que a FIFA pretende que a EA pague mil milhões de dólares (860 milhões de euros) a cada quatro anos para continuar a poder usar o seu nome na série de jogos.

Acredita-se que a FIFA esteja a tentar colocar limites à exclusividade da EA, colocando a hipótese de receber mais dinheiro caso outra empresa aceite os seus termos. Por outro lado, a EA parece resistente em deixar a série cair nas ‘mãos’ de outra produtora, sobretudo quando no ano fiscal de 2020 os modos Ultimate Team dos seus jogos desportivos renderam 1,5 mil milhões de dólares (1,3 mil milhões de euros).

Leia Também: ‘FIFA 22’. HyperMotion não é ‘show off’ e o realismo está mesmo de volta