Início Notícias Tenerife: Pai atirou filha para o mar em bolsa agarrada a âncora...

Tenerife: Pai atirou filha para o mar em bolsa agarrada a âncora de barco

Foi encontrado, esta quinta-feira, o corpo de Olivia, a irmã mais velha das duas meninas desaparecidas em Tenerife desde o dia 27 de abril.

O corpo da menina de seis anos foi encontrado com a ajuda do navio oceanográfico ‘Ángeles Alvariño’, que há vários dias procedia a buscas na zona onde foi identificado o sinal de telemóvel de Tomás Gimeno pela última vez.

Segundo o ABC, o corpo de Olivia foi encontrado numa bolsa de lona que estava presa a uma âncora, que se acredita pertencer à embarcação do barco do pai. Nesta mesma âncora, estaria ainda outra bolsa, que se encontrava, contudo, vazia.

As autoridades continuam a circundar a zona à procura do corpo da menina mais nova, Anna.

Recorde-se que as autoridades das Ilhas Canárias tinham revelado que havia sido descoberto o corpo de uma menor no local onde ocorriam as buscas pelas meninas, na tarde de ontem. Contudo, “por respeito à família e ao procedimento judicial”, esperava-se que a autoridade procedesse à identificação do corpo. Soube-se depois que o cadáver pertencia a Olivia, a irmã mais velha, de seis anos.

Anna e Olivia estavam desaparecidas desde 27 de abril, dia em que o pai deveria entregá-las à mãe, mas não o fez.

Leia Também: Corpo de menor encontrado é de uma das irmãs desaparecidas em Tenerife