Início Notícias Presidente são-tomense visita Guiné-Bissau para reforçar relações

Presidente são-tomense visita Guiné-Bissau para reforçar relações

 

O chefe de Estado são-tomense aterrou em Bissau na terça-feira, mas o programa da visita tem início apenas hoje com um encontro restrito com o seu homólogo guineense, Umaro Sissoco Embaló.

Na sequência do encontro, será assinado um acordo e feita uma declaração conjunta à imprensa. Ao final do dia, o Presidente guineense ainda oferece um jantar oficial no Palácio da Presidência, em Bissau.

Na quinta-feira, Evaristo Carvalho realiza uma visita à Fortaleza da Amura, onde vai depor flores nos túmulos de Amílcar Cabral, pai da Nação guineense, e do ex-Presidente João Bernardo “Nino” Vieira.

Da Amura, o Presidente são-tomense segue para a Assembleia Nacional Popular (ANP) para um encontro com o presidente do parlamento, Cipriano Cassamá, e com os líderes das bancadas parlamentares.

O chefe de Estado de São Tomé e Príncipe reúne-se também com o primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Nabiam, com quem almoça, partindo depois em visita privada para a ilha de Rubane, no arquipélago dos Bijagós.

Evaristo Carvalho ainda janta na sexta-feira com o Presidente guineense, regressando no sábado a São Tomé e Príncipe.

Em declarações aos jornalistas, em 12 de maio, em Bissau, o chefe da Casa Civil do Presidente são-tomense, Arlindo Gomes, afirmou que a visita vai permitir o reforço dos laços de amizade, solidariedade e cooperação.

“Os nossos dois países, talvez devido ao problema de distanciamento geográfico, estiveram ao longo destas décadas, em certa medida, de costas voltas em termos de relacionamento bilateral, tiveram muitos contactos no âmbito multilateral”, salientou.

“A perspetiva que se abre é de voltarmos de novo à Guiné-Bissau e a Guiné-Bissau voltar de novo a São Tomé e Príncipe para vermos como reforçar a cooperação e amizade”, disse.

Leia Também: Marcelo preocupado com financiamento de jovens que querem estudar no país