Início Tecnologia Palestina. Trabalhadores da Google pedem envio de ajuda humanitária

Palestina. Trabalhadores da Google pedem envio de ajuda humanitária

Os trabalhadores da Google parecem querer que a tecnológica tome uma iniciativa a respeito da atual situação que se vive entre a Palestina e Israel, apelando que a empresa envie ajuda.

Um grupo composto por 250 “judeus e aliados da Google” assinou esta terça-feira, dia 18, uma carta com o CEO Sundar Pichai como destinatário. Na carta é pedido que o executivo envie ajuda humanitária para que possa ajudar os palestianos civis que têm sido atingidos pelos ataques.

“Tanto os palestianos como israelitas estão a sofrer neste momento, mas ignorar os ataques mortais e destrutivos aos palestianos apaga os nossos colegas palestinianos”, pode ler-se na carta de acordo com o Mashable.