Início Notícias IRS. Erro das Finanças está a obrigar à devolução de reembolsos

IRS. Erro das Finanças está a obrigar à devolução de reembolsos

Um erro de leitura do sistema informático das Finanças fez com que os valores declarados por contribuintes da categoria B com contabilidade organizada não fossem tidos em consideração, avança o Jornal de Negócios, esta quarta-feira. Com isto, terão sido realizados reembolsos indevidos, que agora terão de ser devolvidos por estes contribuintes. 

O Notícias ao Minuto questionou fonte do Ministério das Finanças sobre o universo de contribuintes abrangidos por este erro e se a situação está já a ser regularizada, mas até ao momento não foi possível obter uma resposta.

Fonte da Autoridade Tributária (AT) explicou ao mesmo jornal que “o problema teve origem num erro de ‘leitura’ para efeitos de liquidação de um campo respeitante ao lucro tributável indicado no anexo C da modelo 3″. 

Também ao mesmo jornal, a bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados, Paula Franco, refere que pode tratar-se de “um erro do sistema, mas é muito grave”.

Para mais informações sobre os rendimentos da categoria B pode aceder a este link do Portal das Finanças. 

AT já pagou 1.125 milhões em reembolsos do IRS

A AT já pagou 1.125 milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, sendo que o prazo médio de pagamento situa-se nos 20,7 dias – incluindo IRS automático e manual -, de acordo com dados do Ministério das Finanças.

“Do total de declarações entregues, 2.028.588 já foram liquidadas e foram reembolsados 1.180.738 contribuintes, num valor total de reembolsos de 1.125 milhões de euros”, adianta o gabinete do ministro João Leão. 

Leia Também: Centeno admite que défice de 2017 pesou no modelo das injeções de capital