Início Notícias Exposição em Londres eleva sapatilhas ao estatuto de obra de arte

Exposição em Londres eleva sapatilhas ao estatuto de obra de arte

 

‘Sneakers Unboxed: Studio to Street’ (‘Sapatilhas Desempacotadas: Do Estúdio para a Rua’), aberta ao público desde esta semana até outubro, aborda o mercado das sapatilhas, que de acordo com a exposição está no auge, e que poderá alcançar um valor de mais de 100 mil milhões de dólares (mais de 82 mil milhões de euros) em 2025.

As sapatilhas, mais altas, mais baixas, monocromáticas, com todas as cores possíveis, com ou sem cordões, estão em destaque na exposição, que pretende elevar aquilo que utilizamos diariamente nos pés à condição de obra de arte, semelhante, por exemplo, a uma escultura.

Em 2019, mais de 1.000 milhões de sapatilhas foram vendidas em todo o mundo. O Reino Unido, por exemplo, é o terceiro país no planeta que mais sapatilhas consome, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Contudo, não estão entre os dez países que mais produzem este tipo de calçado, dos quais, mais de metade são países asiáticos.

A exposição está dividida em duas salas: “Estilo” e “Eficácia”, entre a história e evolução das sapatilhas e a influência que tiveram no desporto, na cultura urbana e na moda.

Veja as imagens na galeria acima.

Leia Também: Gulbenkian vai apresentar exposição sobre faraós e arte egípcia em 2022