Início Notícias Presidente da Federação Alemã de Futebol formaliza saída do cargo

Presidente da Federação Alemã de Futebol formaliza saída do cargo

O presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Fritz Keller, formalizou hoje a demissão, depois de anunciar na semana passada que iria renunciar ao cargo, na sequência das críticas pela comparação de um adversário a um juiz nazi.

A sucessão de Keller não está decidida, com a DFB a enfrentar nova crise depois de os presidentes e antecessores Wolfgang Niersbach e Reinhard Grindel se terem demitido e saído antes do final dos respetivos mandatos.

Niersbach saiu do cargo ainda no âmbito do escândalo da alegada compra de votos para que a Alemanha recebesse o Mundial2006 e Grindel após ter sido acusado de ter recebido um relógio de 6.000 euros, oferecido pelo vice-presidente ucraniano.

Fritz Keller ficou debaixo de críticas depois de comparar um dos seus adjuntos e opositor interno ao célebre juiz do regime nazi Roland Freisler, responsável por milhares de sentenças de morte.

Esta nova crise na DFB acontece a pouco menos de um mês do início do Euro2020 de futebol, competição em que a Alemanha é adversária de Portugal, e em processo de recrutamento de um novo selecionador, que substituirá Joachim Low após o Europeu.

O processo está a cargo do diretor Oliver Bierhoff e deverá levar a que Hansi Flick, que já anunciou a saída do Bayern Munique, assuma o cargo.