Início Notícias Autoridades alemães acreditam que Maddie "foi morta em Portugal"

Autoridades alemães acreditam que Maddie "foi morta em Portugal"

Depois de na semana passada, as autoridades alemãs terem afirmado que tinham novas provas contra Christian Brueckner, eis que adiantam agora que o principal suspeito do desaparecimento da menina britânica terá matado Maddie em Portugal.

Christian B. tornou-se, em junho do ano passado, no principal suspeito do desaparecimento da menina britânica na Praia da Luz, em maio de 2007. Suspeitou-se inicialmente que este teria raptado a criança, na altura com três anos, e tê-la-ia levado para a Alemanha.

Agora, o procurador alemão Hans Christian Wolters acredita que a menina terá sido, afinal, morta em território português.

O investigador afirmou acreditar que a menina estará morta e quando questionado pelo Sunday Mirror sobre onde teria acontecido o crime, não hesitou: “Em Portugal”, respondeu.

“Estou confiante de que vamos resolver este caso” acrescentou.

Christian B., de 44 anos, está preso, na Alemanha, acusado do crime de abuso sexual a uma turista norte-americana, de 72 anos, na Praia da Luz, no Algarve.

Segundo os investigadores germânicos, este é suspeito do homicídio de Madeleine McCann. Christian B. vivia à data do desaparecimento de Maddie a poucos quilómetros da estância balnear da Praia da Luz onde a família da criança inglesa estava de férias. 

Maddie faria este ano 18 anos de idade. 

Leia Também: Maddie desapareceu há 14 anos. “O mês de maio é duro”, assinalam pais