Início Notícias Polícia britânica adota cachorrinhos em honra de colega morto em serviço

Polícia britânica adota cachorrinhos em honra de colega morto em serviço

A polícia metropolitana adotou sete cachorrinhos recém-nascidos em memória do sargento Matt Ratana, que foi morto em serviço. O agente da polícia foi morto a tiro no Croydon Custody Center, a sul de Londres, no Reino Unido, em setembro de 2020, quando se preparava para revistar um suspeito algemado.

Uma das comissárias da polícia visitou o estabelecimento para adotar os cães, acompanhada da viúva do colega, Su Bushby. A mulher escolheu os nomes do cães em homenagem ao marido.

Os sete nomes escolhidos para os cachorrinhos são Matiu, Carter e Jonah para os machos e Kora, Blu, Valentine e Whanau para as fêmeas.

“Matt era muito amado e respeitado e esta é apenas uma das maneiras de a Polícia Metropolitana reconhecer e recordar o seu serviço e coragem”, disse a comissária em declarações à Sky News.

Agora, os patudos, de raça pastor alemão, vão embarcar num curso de 12 meses para se tornarem cães polícia totalmente licenciados, tendo sido já atribuídos a treinadores. Como todos os cães da polícia, os animais vão viver em casa com os treinadores e as suas famílias.

Veja algumas imagens dos cachorrinhos na galeria acima.

Leia Também: Reino Unido regista 1.926 novos casos e quatro mortes devido à Covid-19