Início Notícias Regulador exige à Boeing inspeção de aviões após acidente na Indonésia

Regulador exige à Boeing inspeção de aviões após acidente na Indonésia

Todos os aviões Boeing 737-300, 737-400 e 737-500, construídos nas décadas de 1980 e 1990, deverão ser examinados, segundo um documento do regulador citado hoje pela agência noticiosa francesa AFP.

De acordo com o documento, um problema de cabos pode não ser detetado pelo computador das alavancas, o que “poderá levar à perda de controlo do avião”.

Um relatório preliminar da agência indonésia de segurança dos transportes, publicado em fevereiro, indicou que uma anomalia nas alavancas de comando tinha sido detetada.

Numa reação à AFP, a construtora aeronáutica norte-americana revelou-se empenhada em “introduzir melhorias de segurança e desempenho em toda a frota”.

Um avião da Boeing 737-500, operado pela companhia aérea indonésia Sriwijaya Air, caiu ao largo da Indonésia em 09 de janeiro, depois de desaparecer dos radares alguns minutos após ter descolado de Jacarta.

A aeronave mergulhou em menos de um minuto no mar de Java, causado a morte a todos os seus ocupantes.

Leia Também: Boeing espera recuperar das perdas com vacinas e 737 MAX