Início Notícias Da carga fiscal ao título do Sporting: Os 5 números relevantes da...

Da carga fiscal ao título do Sporting: Os 5 números relevantes da semana

 

Sempre a par da atualidade, o Notícias ao Minuto avaliou os principais momentos desta semana que são transversais a vários setores. 

  • Carga fiscal foi de 34,8% do PIB em 2020, a mais elevada de sempre

Em 2020, a carga fiscal diminuiu 4,7% em termos nominais, atingindo 70,4 mil milhões de euros, o que corresponde a 34,8% do PIB (34,5% no ano anterior), de acordo com os dados divulgados na terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

  • Dividendos: Estado recebeu 671 milhões do Banco de Portugal em 2020

O Banco de Portugal (BdP) deu 671 milhões de euros em dividendos ao Estado em 2020, de acordo com os dados divulgados, na quinta-feira, pelo supervisor da banca no Relatório do Conselho de Administração de 2020.

  • Bruxelas revê em baixa crescimento de Portugal para 3,9% este ano

A Comissão Europeia (CE) reviu em baixa o crescimento económico esperado para Portugal este ano, apontando agora para 3,9%, quando em fevereiro esperava 4,1%, de acordo com as previsões económicas de primavera divulgadas esta semana

  • Governo já pagou 3.813 milhões em apoios extraordinários

O Governo já pagou 3.813 milhões de euros em apoios extraordinários no âmbito da Covid-19 às famílias e empresas. Este valor, divulgado na sexta-feira pelo Ministério do Trabalho, inclui dispensas contributivas. “O conjunto dos apoios extraordinários lançados pelo Governo devido à pandemia por Covid-19 já chegou a 2,9 milhões de pessoas e a 179 mil empresas, com pagamentos de 3.813 milhões de euros, incluindo dispensas contributivas”, pode ler-se num comunicado da tutela enviado às redações. 

  • Sporting é campeão nacional, 19 anos depois

O Sporting sagrou-se na terça-feira campeão português de futebol pela 19.ª vez, 19 anos após a última conquista, ao vencer na receção ao Boavista, por 1-0, com um golo de Paulinho, aos 36 minutos do jogo da 32.ª jornada da I Liga.

Leia Também: AO MINUTO: OMS quer países ricos a doar vacinas. Marcelo dá ‘ok’ a praias