Início Mundo Ucrânia: Rússia assinala chegada de aviões de transporte militar dos EUA

Ucrânia: Rússia assinala chegada de aviões de transporte militar dos EUA

 

“Só nos últimos duas chegaram a território da Ucrânia cinco aviões de transporte militar procedentes de bases aéreas norte-americanas”, declarou Nikolai Patrushev, o secretário do Conselho de Segurança russo, numa reunião realizada na Crimeia, a península anexada pela Rússia em 2014.

Segundo a agência noticiosa russa Interfax, nos últimos dias aterrarem em Kiev três aviões de transporte militar C-130J Hercules e um C-17 Globemaster dos Estados Unidos, enquanto um outro C-17 chegou à cidade ucraniana de Lviv.

Patrushev acusou os EUA e outros países ocidentais de agravarem as tensões na região em torno do conflito armado no Donbass (leste), controlado pelos separatistas russófonos, ao forneceram “armas letais” à Ucrânia.

“Declaram que não estão interessados em reativar o conflito, mas na realidade enviam recursos para armar o Exército ucraniano, aumentam a presença de vasos de guerra no mar Negro, planificam manobras conjuntas, fornecem armas letais, preparam os militares ucranianos”, afirmou.

O secretário do Conselho de Segurança russo apelou à adoção de “medidas adicionais” para garantir “a proteção dos interesses nacionais da Rússia e a segurança dos habitantes da península” da Crimeia.

Nas últimas semanas, a Ucrânia denunciou um aumento considerável da presença militar da Rússia nas suas fronteiras, que Moscovo justificou na terça-feira como uma resposta às “atividades ameaçadoras” da NATO.

Segundo o gabinete do Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, cerca de 80.000 soldados russos estão estacionados na fronteira com a Ucrânia e na Crimeia, um número que o chefe de estado-maior ucraniano, Ruslan Khomchak, reduziu para 50.000.

Leia Também: Forças Armadas da Ucrânia iniciam manobras junto à Península da Crimeia