Início Mundo Pelo menos 15 mortos na Somália na sequência de ataque a autocarro

Pelo menos 15 mortos na Somália na sequência de ataque a autocarro

“Num incidente hediondo, um míni autocarro que saiu de Mogadíscio esta manhã em direção a Jowhar e que transportava passageiros civis foi explodido pelo Al-Shabab entre o distrito de Balad e Qalimoow, a cerca de 50 quilómetros a norte de Mogadíscio”, confirmou o porta-voz do Governo federal, Mohamed Ibrahim Moalimuu, na rede social Twitter.

“Quinze pessoas inocentes foram mortas. Este ato mostra como os terroristas são impiedosos”, acrescentou Moalimuu.

A explosão do autocarro ocorreu na região de Middle Shabelle, da qual Jowhar é a capital.

O incidente ocorreu pouco depois do meio-dia, disse um agente da polícia, Aydurus Alasow, à agência de notícias espanhola Efe, que falou em 20 mortos e quatro pessoas gravemente feridas, que foram transportadas de imediato para o Hospital de Mogadíscio.

Segundo fontes policiais, este incidente acabou por ser um dano colateral, porque o verdadeiro objetivo dos terroristas era atacar comboios de forças do Governo que patrulhavam a estrada.

Mogadíscio é frequentemente alvo de ataques do Al-Shabab, uma organização afiliada da Al-Qaida desde 2012 e que controla as áreas rurais do centro e sul da Somália, país em que procura estabelecer um estado islâmico de Wahhabi (ultraconservador).

A Somália vive num estado de guerra e caos desde 1991, quando o ditador Mohamed Siad Barre foi derrubado, deixando o país sem um governo eficaz e nas mãos de milícias e senhores da guerra islâmicos.

Leia Também: PR da Somália assina lei que promulga por dois anos o seu mandato