Início Mundo Macron visita catedral de Notre Dame no 2.º aniversário do incêndio

Macron visita catedral de Notre Dame no 2.º aniversário do incêndio

Emmanuel Macron será acompanhado nesta visita pela ministra da Cultura, Roselyne BachelotNarquin, a autarca de Paris, Anne Hidalgo, o representante especial do Presidente, general Jean-Louis Georgelin e o arcebispo de Paris, Michel Aupetit, entre outras personalidades.

Será também uma ocasião para o Presidente agradecer aos mais de 340 mil doadores de todo o mundo que criaram um fundo de 833 milhões de euros para a reconstrução do monumento.

Nem a contaminação pelo chumbo devido ao incêndio, o risco de derrocada ou a crise sanitária travaram o objetivo do Presidente de acabar os trabalhos de restauro da catedral até 2024, mas acabaram por atrasar o andamento das obras de recuperação, especialmente durante o período de confinamento mais rigoroso entre março e meio de 2020.

Um dos passos mais importantes neste processo, a reconstrução da estrutura em madeira em que assentava o telhado e a estrutura da flecha, que caiu no incêndio de 2019, começou em fevereiro de 2021, com o início da escolha das árvores que vão ser cortadas na região de Eure, no Norte da França.

“Ainda estamos apenas numa fase de seleção das árvores, em função das peças de madeira que vamos precisar para a flecha”, explicaram os especialistas numa reportagem conduzida pela rádio France Inter.

Apesar de alguma discussão e de vários projetos alternativos apresentados por diferentes arquitetos, optou-se pela reconstrução de uma réplica da flecha que foi adicionada à igreja no século XIX e que acabou por se tornar emblemática.

Com o que resta da catedral estabilizado – vai ser colocado até ao verão um novo guarda-chuva para proteger o avanço das obras – e com toda a estrutura de andaimes já retirada, começa agora a fase de reconstrução de duas capelas teste que depois, e mediante um protocolo, se vai estender ao resto das outras 22 capelas existentes.

De forma a documentar esta obra histórica, o órgão público responsável pela recuperação da catedral lançou no início de 2021 a revista mensal “La Fabrique de Notre Dame”, que pode ser adquirida nas bancas francesas por 12 euros.