Início Tecnologia Altice, Microsoft e HP lançam ‘cloud’ híbrida pioneira em Portugal

Altice, Microsoft e HP lançam ‘cloud’ híbrida pioneira em Portugal

A solução implementada é o “Azure Stack Hub”, uma ‘cloud’ (nuvem) híbrida que conjuga os serviços de ‘cloud’ pública com a infraestrutura privada, dado que os dados ficam alojados no Data Center da Altice, na Covilhã.

“Esta infraestrutura permite que, a partir de hoje, os clientes empresariais da Altice Portugal passem a ter acesso a um conjunto de benefícios que são reconhecidos da ‘cloud’ pública, mas com a capacidade de armazenar, de alojar e de processar datos em território nacional”, afirmou o presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, na cerimónia de lançamento da parceria, que decorreu no Data Center da Covilhã, distrito de Castelo Branco.

Alexandre Fonseca salientou que esta é “a primeira vez que se traz para Portugal a plataforma da Microsoft”, destacando que é um “passo decisivo” para a “transformação digital” do país e, “acima de tudo, do tecido empresarial português e da economia”.

“Este lançamento deixa aqui clara a nossa convicção de que esta extensão do Azure Cloud para Portugal — trazer esta plataforma para Portugal — é também um passo fundamente para o tecido empresarial”, afirmou.

Aquele responsável salientou que esta solução reforça o “posicionamento de liderança” que a Altice já tem na área da computação na nuvem (‘cloud’) e que se enquadra na estratégia de contribuir para a construção da “modernidade, do progresso e das empresas do futuro”.

“Não se trata de trazer a tecnologia pela tecnologia, mas de trazer a inovação, a modernidade e tudo o que será, com certeza, a base dos negócios de sucesso do futuro”, disse.

Por outro lado, lembrou que a nova aposta combina três mais-valias decisivas: “a agilidade do ‘cloud computing’, a qualidade e resiliência das soluções da Microsoft e da HPE e o ambiente seguro e amplamente reconhecido do Data Center da Covilhã”.

Entre as vantagens destacou ainda a “baixa latência”, devido ao processamento de dados localmente, a possibilidade de acesso privado, bem como o conhecimento acumulado das empresas envolvidas.

Já a diretora da Microsoft Portugal, Paula Panarra, vincou que esta parceria estratégica e inovadora, que” vem complementar os serviços de Azure que já são disponibilizados em Portugal, com a vantagem de esta solução ser híbrida, permitindo aos clientes acederem aos serviços da Azure, mas alojados em Portugal”.

Acrescentou que a parceria permite levar os “serviços onde os clientes mais precisam deles” e que é mais uma “proposta de valor inovadora” para a ajudar a transformação das empresas.

O diretor da Hewlett Packard Enterprise em Portugal, Carlos Leite, classificou o momento como muito relevante, por ir ao encontro da preocupação de servir sempre melhor os clientes comuns e de criar respostas de valor e inovadoras para as empresas portuguesas.

“Uma ‘cloud’ híbrida é o melhor dos dois mundos. Tem a componente ‘cloud’ pública — com a flexibilidade, a rapidez e o pagamento por utilização — e também tem a componente de ‘cloud’ privada, com a menor latência, a melhor performance, a maior segurança e a soberania de dados”, disse.

Além deste momento, a Altice também promoveu hoje um conjunto de outras iniciativas ligadas à sua estratégia de proximidade com o território. Na Covilhã realizou a inauguração de uma cabine de leitura que fica no centro da cidade e que, em parceria com a Câmara da Covilhã, disponibilizará livros para “levar, doar, ler e devolver”.

Já em Proença-a-Nova procedeu à inauguração da antena móvel de Catraia Cimeira, com vista a reforçar a rede móvel daquele concelho do distrito de Castelo Branco.

Para Tomar e Vila Nova da Barquinha estavam agendadas as assinaturas dos protocolos de investimento em fibra ótica de nova geração da Altice Portugal naqueles dois concelhos ribatejanos.