Início Notícias Ex-Juventus ‘ataca’ Cristiano Ronaldo: "Nunca foi e nunca será um líder"

Ex-Juventus ‘ataca’ Cristiano Ronaldo: "Nunca foi e nunca será um líder"

O jornal italiano Gazzetta dello Sport publica, esta terça-feira, uma extensa entrevista com Massimo Mauro, no qual o antigo avançado, que representou a Juventus entre 1985 e 1989, não poupa nas críticas dirigidas a Cristiano Ronaldo.

O ex-internacional italiano considera que o português é “um grande individualista, não um homem de equipa”, pelo que a sua aquisição trouxe mais problemas do que soluções para a Vecchia Signora.

“Ronaldo nunca foi um líder onde jogou, nem nunca será. É como uma empresa e, para ele, é mais importante a sua faturação do que a faturação da equipa”, começou por dizer.

“É como é, não é como se antes fosse um líder à Maradona e tivesse mudado. O Cristiano não empurra os companheiros, o Cristiano quer que os companheiros lhe deem a bola para marcar golo”, acrescentou.

Nesse sentido, Massimo Mauro defende que o jogador deve ser transferido no final da temporada: “A nível pessoal, ele esteve bem, marcou sempre. Certamente, não podem dizer que esteve aquém das expetativas. E é enorme ao nível do marketing”.

“Mas, do ponto de vista dos resultados desportivos, a Juve, com ele, não fez melhor do que no passado, até fez pior na Liga dos Campeões. É por isso que o melhor para ambos é que os caminhos se separem. Ronaldo poderá iniciar uma nova etapa noutro lugar, e a Juve livra-se de um problema financeiro enorme”, rematou.

Leia Também: “Ronaldo já percebeu que não tem o mesmo impacto na equipa”