Início Mundo Construção de gasoduto fica dependente do comportamento russo

Construção de gasoduto fica dependente do comportamento russo

 

“Acredito firmemente que, se o Nord Stream 2 continuar, em última análise, a questão de quanto gás será canalizado pelo gasoduto também dependerá do comportamento da Rússia”, disse Annegret Kramp-Karrenbauer num comunicado conjunto com o seu homólogo norte-americano, Lloyd Austin.

A ministra alemã afastou a ideia de uma “moratória” para este projeto, que está em fase de conclusão.

Rússia e Alemanha têm mantido relações tensas, embora liderem em conjunto este projeto, ao qual os Estados Unidos se opõem.

Casos de espionagem cibernética, o envenenamento do opositor russo Alexei Navalny — que recuperou medicamente na Alemanha – e a atitude da Rússia na Ucrânia contribuíram para dificultar as relações entre os dois países nos últimos meses.

O secretário de Defesa americano, de visita a Berlim, reiterou hoje a oposição norte-americana ao projeto de gasoduto.

“Mas não vamos deixar que essa questão atrapalhe o ótimo relacionamento que temos com a Alemanha”, prometeu Austin.

No entanto, o novo Governo democrata dos EUA avisou nas últimas semanas que “todas as entidades envolvidas” na construção do gasoduto, incluindo muitas empresas alemãs, seriam sancionadas pelos Estados Unidos se não se retirassem “imediatamente” do projeto.