Início Mundo Coleiras de cão com mais de 20 anos encontradas em estômago de...

Coleiras de cão com mais de 20 anos encontradas em estômago de jacaré

Há décadas que cães desapareciam misteriosamente numa zona de caça na Carolina do Sul, um enigma que acabou resolvido na semana passada, quando o dono de uma propriedade privada no local se viu obrigado a abater um jacaré com mais de 3,6 metros de comprimento.

Dentro do estômago do animal, que tinha mais de 200 quilos (ver galeria), foram encontradas cinco chapas de identificação provenientes de coleiras de cão. Pelo menos duas chapas ainda tinham número de telefone legível. “O dono disse que tinha caçado na área há 24 anos e que as chapas pertenciam aos seus cães de caça”, indicou o dono da loja Cordray’s, que tratam cadáveres de jacarés.

As chapas, porém, não foram os únicos objetos encontrados. “Encontrei um colete, uma vela de ignição, várias carapaças de tartarugas e garras de lince”.

O réptil, que tinha entre 50 a 80 anos de idade, vivia num rio e acabou por ser abatido pelo dono de uma quinta. A estação de caça de jacarés acabou em outubro, mas o abate do animal foi permitido por estar em propriedade privada.

Leia Também: Animais selvagens matam 97 moçambicanos em 2020, crocodilo é o mais letal