Início Mundo Modelo recebe 30 milhões por danos cerebrais causados por reação alérgica

Modelo recebe 30 milhões por danos cerebrais causados por reação alérgica

A atriz e modelo Chantel Giacalone ficou com danos cerebrais, quando há oito anos, durante uma convenção, comeu um pritzel com manteiga de amendoim e sofreu uma reação alérgica ao alimento.

A mulher, de 27 anos na altura, procurou ajuda junto da equipa médica escalada para assegurar a segurança da convenção. Contudo, a equipa não possuía um medicamento de adrenalina usado para casos de reações alérgicas graves, a Epinefrina. Chatel ficou alguns minutos sem receber oxigénio no cérebro, situação que lhe causou danos para a vida.

Cerca de oito anos depois, a família conseguiu vencer um processo judicial em que acusa a equipa médica de negligência, tendo-se provado que caso o medicamento tivesse sido administrado, as consequências podiam ter sido evitadas.

A família vai receber uma indemnização de mais de 30 milhões de euros.

“Ao menos a minha filha terá os cuidados de que precisa. Estou feliz por isso”, disse o pai da modelo, após o veredicto, lembrando que “todos os segundos da sua vida se alteraram” após o incidente. 

Leia Também: Japão sem “preocupações sérias” sobre reações alérgicas a vacina Pfizer