Início Notícias Índia aprova uso da vacina russa Sputnik V

Índia aprova uso da vacina russa Sputnik V

A Índia, segunda nação mais populosa do mundo, aprovou o uso da vacina russa Sputnik V. É a terceira vacina a ser aprovada no país.

A vacina russa já está licenciada em 60 países. 

Até então, a Índia estava a usar duas vacinas que produz no seu território: a Covishield, da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, e Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech.

A notícia da aprovação da vacina russa surge um dia depois de ter arrancado, na Índia, o programa de vacinação ‘Tika Utsav’ para imunizar o maior número de pessoas em quatro dias. 

O plano anunciado pelo governo do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, pretende acelerar os esforços para imunizar os maiores de 45 anos e os profissionais de saúde e de primeira linha, numa altura em que o país enfrenta uma segunda vaga de infeções.

A Índia ultrapassou hoje o Brasil e tornou-se o segundo país com mais casos de Covid-19, depois de registar um valor máximo de 168 mil novas contaminações nas últimas 24 horas, segundo fontes oficiais. 

O país contabilizou mais de 873 mil contágios nos últimos sete dias, um aumento de 70% em relação à semana anterior, de acordo com a contagem efetuada pela AFP.

Em comparação, o Brasil registou cerca de 487 mil novos casos em igual período, uma tendência de alta de 10%, comparando com os valores da semana anterior.

Os Estados Unidos, país mais afetado pela crise sanitária, contabilizou 490 mil casos na última semana, com uma tendência de aumento de 09%.

Leia Também: Índia é o segundo país com mais casos ultrapassando o Brasil