Início Notícias ‘Cheque’ do IRS a caminho? Pode consultar o estado do seu reembolso

‘Cheque’ do IRS a caminho? Pode consultar o estado do seu reembolso

Os reembolsos do IRS já começaram a ser emitidos, disse esta segunda-feira o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. Quer isto dizer que os contribuintes vão começar a receber os montantes a que têm direito nos próximos dias. Através do Portal das Finanças pode saber se o seu reembolso já foi emitido e perceber se o dinheiro está (ou não) quase a chegar

“As primeiras ordens de reembolso já foram dadas” e o respetivo valor vai chegar aos contribuintes “a meio da semana”, referiu o secretário de Estado António Mendonça Mendes.

O prazo para o reembolso, recorde-se, termina só no final de agosto, mas o Governo costuma acelerar este processo e devolver o dinheiro aos contribuintes mais cedo

Como consultar o estado do reembolso

Em poucos passos pode ficar a saber qual é o estado atual do seu reembolso, isto é, caso o mesmo já tenha sido emitido. Caso contrário, é normal que o ‘valor emitido’ esteja a zeros.

A primeira coisa a fazer é abrir o Portal das Finanças. Logo no menu inicial deve selecionar a opção ‘finanças’ (canto inferior esquerdo) e depois na coluna esquerda ‘serviços’. De seguida deve procurar o campo ‘movimentos financeiros’, na lista que lhe será apresentada por ordem alfabética, e ‘informação financeira’.

Depois, terá de iniciar sessão no Portal das Finanças – caso não o tenha feito anteriormente – e selecionar o tipo de imposto, no caso, o IRS, bem como o ano fiscal correspondente. Uma vez que este IRS diz respeito aos rendimentos de 2020, esse é o ano que deve selecionar. 

Caso o reembolso já tenha sido emitido – e não esteja a zeros – pode selecionar a opção ‘ver detalhe’ para obter informação adicional sobre o estado em que se encontra o reembolso. 

1,7 milhões de contribuintes já entregaram o IRS

De acordo com os dados disponíveis no Portal das Finanças, até às 1h20 horas de hoje tinham já sido entregues 1.720.513 declarações.

De recordar que o prazo para a entrega da declaração anual dos rendimentos auferidos em 2020 iniciou-se em 1 de abril e termina em 30 de junho, sendo que cerca de 3,5 milhões de agregados familiares podem beneficiar do IRS automático, o que torna a entrega mais simples e mais rápida.

Leia Também: Reembolsos do IRS já a ser processados, valor chegará “a meio da semana”