Início Mundo AO MINUTO: Vacina da J&J a chegar; Confinamento em concelhos no vermelho?

AO MINUTO: Vacina da J&J a chegar; Confinamento em concelhos no vermelho?

A vacina da Janssen, a primeira de dose única contra a Covid-19, deverá chegar a Portugal já na próxima quarta-feira, como noticiou, no domingo, o jornal Público. 

Luís Marques Mendes assegurou, inclusive, que o país irá receber 800 mil doses do imunizante da Johnson & Johnson durante o mês de abril. 

O comentador da SIC Notícias adiantou que o Governo se prepara para pôr a terceira fase do desconfinamento – prevista para 19 de abril – ‘sobre rodas’, mas haverá “confinamentos locais nos concelhos onde a situação é mais difícil”. 

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) de ontem, Portugal reportou mais seis óbitos associados à Covid-19 e 566 novos contágios do novo coronavírus. Em termos acumulados, há 827.494 infetados e 16.916 vítimas mortais desde que a pandemia chegou a Portugal. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

08h37 – Butão vacinou quase 93% da sua população adulta em 16 dias: O Butão vacinou quase 93% da sua população adulta em 16 dias e 62% dos seus 800.000 habitantes desde que a campanha de inoculação começou no país a 27 de março.

O rápido programa de vacinação do pequeno reino dos Himalaias, entre a Índia e a China, coloca o país logo atrás das Seicheles, que já vacinou 66% da sua população de quase 100.000 pessoas, com a primeira dose.

08h08 – Comissão admite que qualquer vacina possa substituir segunda dose da AstraZeneca: A Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 da Direcção-Geral da Saúde (DGS) admite que as pessoas abaixo dos 60 anos que já foram imunizadas com a primeira dose da vacina AstraZeneca poderão receber uma segunda dose de qualquer outra marca, como dá conta a TSF, esta segunda-feira. 

Luís Graça, um dos membros da comissão técnica, explicou ao meio de comunicação que Portugal pode esperar para ver que posição vão assumir outros países e para analisar o resultado de estudos que estão a ser feitos para perceber quais são as alternativas à AstraZeneca.

Um desses estudos está a ser “promovido pela Universidade de Oxford” e  vai “estudar a eficácia e a segurança de fazer uma troca de vacinas – uma segunda dose diferente da primeira dose”.

07h30 – Vacina da Janssen a chegar: No espaço de comentário da SIC Notícias, Luís Marques Mendes avançou que Portugal vai receber a vacina a Johnson & Johnson, de dose única, esta semana. Alias, sobre o tema, disse o Público no domingo que o imunizante chega na próxima quarta-feira. 

“A vacina da Janssen vai chegar esta semana a Portugal. Digo-lhe em primeira mão, 800 mil doses em durante o mês de abril, um milhão 250 mil doses até ao fim de junho, quatro milhões e meio doses até ao final do ano”, vincou o ex-líder do PSD.

07h25 – “Governo vai impor confinamento nos concelhos onde a situação está mais difícil”: Luís Marques Mendes assegurou ontem, no seu habitual espaço de comentário na antena da SIC Notícias, que os concelhos de maior risco vão entrar em confinamento. O comentador revelou ainda que o Estado de Emergência será novamente renovado.

“O Governo vai continuar o desconfinamento com a terceira fase. Provavelmente vai desconfinar a nível nacional, mas vai impor confinamentos locais nos concelhos onde a situação é mais difícil. A situação está a piorar ligeiramente”.

07h20 – O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (Africa CDC) promove um debate, a partir de hoje, sobre ‘A produção de vacinas em África para a segurança sanitária’.

A União Africana e a Organização Mundial de Saúde têm reiterado as suas preocupações com a falta de vacinas contra a Covid-19 no continente africano, que contabiliza apenas 2% das vacinas administradas globalmente.

07h18 – Venezuela flexibiliza quarentena: A Venezuela vai iniciar hoje sete dias de flexibilização da quarentena preventiva da Covid-19, depois de três semanas de estrito confinamento devido ao aumento dos casos positivos e mortes associadas ao novo coronavírus.

07h12 – Venezuela vai produzir 2 milhões de doses por mês da vacina cubana: O Presidente da Venezuela anunciou, no domingo, que o país vai produzir dois milhões de doses por mês da vacina cubana Abdala contra a Covid-19.

“Assinámos um acordo para produzir, nos nossos laboratórios (…), dois milhões de vacinas por mês da vacina Abdala, já [a partir] do mês de agosto ou setembro”, disse Nicolás Maduro.

07h10 – Austrália abandona objetivo de vacinação: A Austrália abandonou o objetivo de vacinar toda a sua população até ao final do ano, devido às incertezas relacionadas com o bloqueio às importações de vacinas, anunciou o primeiro-ministro australiano.

07h07 – Atualização na Alemanha: A Alemanha ultrapassou os três milhões de casos de covid-19 desde o início da pandemia, de acordo com dados do Instituto de virologia Robert Koch (RKI) atualizados hoje.

O número total de infeções desde o início da pandemia situa-se em 3,011 milhões, mais 13.245 do que no dia anterior. Desde o início da pandemia morreram no país europeu 78.452 pessoas devido à covid-19, indicou o RKI.

07h05 – Enquanto dormia: 

07h00 – Bom dia. Começa agora um novo acompanhamento da situação da Covid-19 AO MINUTO. Recorde aqui os principais acontecimentos sobre a pandemia, que ocorreram ontem, em Portugal e no Mundo. 

Leia Também: AO MINUTO: SEF deteta 15 testes falsos. Ajuntamento acaba em tiroteio