Início Tecnologia Urinar em garrafas? Amazon nega e tem Twitter ‘inundado’ de histórias

Urinar em garrafas? Amazon nega e tem Twitter ‘inundado’ de histórias

Há algum tempo que circulam pela Internet algumas histórias sobre experiências negativas de trabalho com a Amazon, tanto de ex-trabalhadores como de pessoas que ainda estão nos armazéns da empresa. Em resposta a um senador que quis dar voz a esses trabalhadores, a Amazon rejeitou essas histórias e teve o Twitter inundado de histórias que comprovam o mau tratamento.

Entre as histórias mais ‘populares’ estão experiências de pessoas que, para não pararem de trabalhar, tiveram de urinar em garrafas de água para evitarem ir à cabeça.

“Não acredita realmente na história de urinar para garrafas pois não? Se fosse verdade, ninguém trabalharia connosco. A verdade é que há milhões de trabalhadores incríveis por todo o mundo que têm orgulho no que fazem e têm excelentes salários e seguro de saúde a partir do primeiro dia”, pode ler-se no Twitter da Amazon.

Como pode ver abaixo, o Twitter da Amazon foi então alvo de vários jornalistas que escreveram sobre estes casos, começando desde logo por James Bloodworth, que trabalho sob disfarce nos armazéns da Amazon e contou toda a experiência no seu livro ‘Hired: Six Months Undercover in Low-Wage Britain’.

Pode ver os ‘tweets’ a contrariar a versão da Amazon abaixo.