Início Mundo PE confiante sobre política agrícola mas pede mais flexibilidade

PE confiante sobre política agrícola mas pede mais flexibilidade

 

“Depois da boa atmosfera de hoje, estou otimista que podemos concluir as negociações da reforma da PAC ainda com Maria do Céu Antunes como nossa parceira de negociação no Conselho”, disse, acrescentando que “o Conselho terá de nos mostrar mais flexibilidade nas próximas semanas para que possamos avançar rapidamente”.

Num comunicado divulgado no final de um ‘super trílogo’ em que estiveram em discussão entre os colegisladores os três regulamentos que compõem a PAC: o dos planos estratégicos, o da governação horizontal — financiamento, gestão e acompanhamento da PAC -, e o da organização comum do mercado de produtos agrícolas, Lins reconheceu que houve “progressos” nas negociações.

Os próximos trílogos, que juntam representantes das três instituições — Comissão Europeia, Conselho e Parlamento – estão marcados para 16 de abril (planos estratégicos), 21 de abril (organização comum do mercado) e 23 de abril (governação horizontal).

Leia Também: Patrick Achi confirmado como primeiro-ministro da Costa do Marfim