Início Notícias ONU vai apoiar financeiramente refugiados Rohingya

ONU vai apoiar financeiramente refugiados Rohingya

O apoio, do Fundo Central de Resposta a Emergências das Nações Unidas, visa apoiar dezenas de milhar de pessoas afetadas pelo incêndio, que causou 45.000 desalojados, 15 mortos e mais de 500 mil feridos.

Segundo a ONU, o fogo destruiu um hospital e outras instalações de saúde, nutrição e educação no campo de refugiados de Kutupalong, o maior do mundo, localizado no distrito de Bazar de Cox, no Bangladesh.

O apoio financeiro será usado para construir tendas e fornecer serviços de emergência, incluindo água, saneamento, alimentação e apoio psicológico.

O incêndio devastador teve início na madrugada de segunda-feira e levou horas para se extinguir, destruindo mais de 10.000 tendas.

Para a ONU, o apoio aos refugiados Rohingya é mais vital do que nunca no âmbito da atual pandemia e à medida que a estação das monções se aproxima.

Cerca de 738.000 pessoas da etnia Rohingya chegaram aos campos no sudeste de Bangladesh após a eclosão em agosto de 2017 de uma campanha de perseguição e violência pelo exército do vizinho Mianmar (ex-Birmânia), que a ONU descreveu como um exemplo de limpeza étnica e possível genocídio, e que está a ser investigado pelos tribunais internacionais.

Leia Também: Aumenta para 15 mortos o balanço do fogo no campo rohingya no Bangladesh