Início Notícias ‘Lobby’ pró-petróleo dos EUA admite sobrecustos em emissões de CO2

‘Lobby’ pró-petróleo dos EUA admite sobrecustos em emissões de CO2

Num plano hoje divulgado, o IPA apoia a intensificação de esforços do Governo federal para aplicação comercial de tecnologia de captura de carbono e apela ao aumento do financiamento para pesquisa e desenvolvimento de energias “limpas”. 

“Confrontar o desafio das alterações climáticas e construir um futuro com menos emissões de CO2 vai exigir uma combinação de políticas do Governo, iniciativas do setor privado e inovação contínua”, referiu o presidente da API, Mike Sommers, em comunicado.

Entre outras medidas, propõe ainda a regulamentação das emissões de metano. 

Quanto aos sobrecustos das emissões de dióxido de carbono, a proposta não é clara quanto a referir-se a impostos sobre emissões, a comercialização de licenças de emissões, ou ambos. 

Os custos “devem abranger todos os setores económicos, evitando duplicação de regulamentação”, defende.

O plano é divulgado numa altura em que, na Casa Branca e no Capitólio, responsáveis do partido democrata preparam uma proposta de lei sobre emissões poluentes, no âmbito do combate às alterações climáticas.

Com o partido republicano à espera da apresentação da proposta, o novo plano do “lobby” petrolífero constitui uma base negocial para a indústria, uma das mais influentes nos Estados Unidos.