Início Mundo Colisão entre dois comboios no Egito faz pelo menos 32 mortos

Colisão entre dois comboios no Egito faz pelo menos 32 mortos

A colisão entre dois comboios no sul do Egito fez pelo menos 32 mortos e 66 feridos. O acidente fez ainda com que três veículos ligeiros capotassem.

As imagens do local, que estão a ser partilhadas nas redes sociais, mostram a destruição causada pelo impacto da colisão na cidade de Tahta, na província de Sohag, que fica a cerca de 460 quilómetros ao sul do Cairo.

Há já dezenas de ambulâncias no local.

A ministra da Saúde, Hala Zayed, desloca-se para o local do acidente “para seguir o estado de saúde dos feridos”, segundo um comunicado oficial.

O Ministério Público anunciou ter aberto um inquérito às circunstâncias do acidente.

O Egito é regularmente palco de graves acidentes rodoviários e ferroviários, devido a um tráfego anárquico, a veículos antigos e deteriorados ou a estradas e ferrovias mal conservadas.

A tragédia ferroviária mais mortal da história do Egito ocorreu em 2002, com o incêndio de um comboio a cerca de 40 quilómetros do Cairo, que causou 370 mortos.

Em fevereiro de 2019, um outro comboio chocou com uma parede da estação central de Ramsés, no Cairo, causando uma explosão e um incêndio que matou cerca de 20 pessoas.

A colisão em Sohag acontece quando o Egito enfrenta outro grande desafio ligado aos transportes: um navio de contentores de 400 metros de comprimento bloqueia há quatro dias o Canal do Suez, uma rota crucial para o frete marítimo internacional, situada no leste do país.

[Notícia atualizada às 13h02]

Leia Também: Fogo em fábrica de roupa no Egito faz pelo menos 20 mortos e 24 feridos