Início Mundo Cão encontra poupanças furtadas a casal idoso em hospital de Sevilha

Cão encontra poupanças furtadas a casal idoso em hospital de Sevilha

Um cão treinado da Polícia Nacional espanhola conseguiu recuperar os quase 40 mil euros de poupanças de um casal idoso, furtadas num hospital sevilhano. Os idosos terão levado as economias consigo por receio de que a sua casa fosse assaltada enquanto estavam na unidade hospitalar. Foram detidas duas pessoas por suspeita de serem os autores do crime.

Segundo um comunicado das autoridades difundido na imprensa espanhola, o dinheiro encontrava-se guardado no armário do quarto de hospital e acabou por ser furtado pelos familiares de um paciente com quem dividiam o quarto.

O casal levou consigo o dinheiro porque a mulher, de 86 anos, já estava hospitalizada há mais de um mês e estava acompanhada pelo marido. O dinheiro foi levado pelos familiares do companheiro de quarto no dia 15 de março.

A polícia abriu de imediato uma investigação que envolveu o visionamento das câmaras de videovigilância, recolha de testemunhos e conseguiram identificar duas pessoas como os presumíveis autores do incidente.

No dia seguinte foram feitas buscas ao domicílio de um dos suspeitos, mas sem sucesso. Depois da detenção, perceberam que vários indivíduos encapuzados e armados com tacos de basebol apareceram em casa do segundo suspeito, que ainda não tinha sido detido, por terem sabido que este dispunha de uma grande quantidade de dinheiro. Foi então que depois da detenção deste – menor e irmão do primeiro – que o mesmo lhes disse que tinha enterrado as notas num terreno perto da casa da namorada.

Os pertences dos idosos foram recuperados com ajuda da unidade canina, especificamente por um cão treinado para encontrar dinheiro. Depois de lhes devolverem as poupanças, os agentes acompanharam-nos até um banco para que estes depositassem a quantia avultada.

Os detidos foram acusados de furto e presentes a tribunal. O menor foi condenado à integração num Centro de Internamento juvenil.

Leia Também: Espanha “não está interessada” na ligação ferroviária Algarve-Huelva