Início Mundo Myanmar. Menina de 7 anos morta a tiro enquanto corre para braços...

Myanmar. Menina de 7 anos morta a tiro enquanto corre para braços do pai

Uma menina de sete anos foi morta a tiro pela polícia, em Myanmar, na terça-feira, quando corria em direção ao pai.

É a vitíma mais jovem conhecida da repressão após o golpe militar do mês passado. A ONG Save the Children garante que há mais de vinte crianças entre as dezenas de pessoas mortas.

À BBC, a família de Khin Myo Chit conta que tudo aconteceu dentro da própria casa, durante uma operação no bairro onde vivem, na cidade de Mandalay.

A polícia empurrou a porta para a abrir”, contou a irmã mais velha da menina. “Quando entraram, perguntaram ao meu pai se havia mais pessoas em casa. Quando ele disse que não, acusaram-no de mentir e começaram a vasculhar.”

Nesse momento, a menina de sete anos correu em direção ao pai e a polícia disparou sobre ela.

De acordo com o testemunho do progenitor, a criança terá morrido cerca de meia hora depois, enquanto a levavam de carro para receber assistência médica. O irmão, de 19 anos, foi agredido e detido nas mesmas buscas.

A polícia birmanesa ainda não se pronunciou sobre a morte da menina de sete anos.

Em comunicado, a ONG Save The Children confessa-se “horrorizada” com a morte da menina, que aconteceu um dia depois da morte de um rapaz de 14 anos na mesma cidade.

“A morte destas crianças é especialmente preocupante, visto que foram mortas enquanto estavam em casa, onde deveriam estar protegidas de perigos. O facto de tantas crianças serem mortas quase diariamente mostra um completo desprezo pela vida humana por parte das forças de segurança”, adiantou o grupo.

Leia Também: ONU condena uso “desproporcionado da força” em Myanmar