Início Mundo Governantes e peritos discutem reforço do papel da UE na saúde global

Governantes e peritos discutem reforço do papel da UE na saúde global

Segundo uma nota à imprensa hoje divulgada, a conferência, que decorre no âmbito da presidência portuguesa do Conselho da UE, abordará temas como “a saúde global em tempo de pandemia, as alianças estratégicas UE-África, nomeadamente no acesso a vacinas, e a promoção da cobertura universal em saúde”.

Com início às 8:30 (hora de Lisboa), a abertura conta com intervenções da ministra da Saúde, Marta Temido, e do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e, através de mensagens gravadas, participarão ainda o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus, e a vice-secretária-geral das Nações Unidas, Amina Mohammed.

Após uma intervenção da comissária europeia para a Saúde e Segurança Alimentar, Stella Kyriakides, realiza-se uma sessão sobre a cooperação entre a Europa e África no domínio das vacinas contra a covid-19, com a participação, entre outros, do presidente da Aliança Global para as Vacinas, José Manuel Durão Barroso (por mensagem gravada) e da diretora da Organização Mundial de Saúde (OMS) para África, Matshidiso Moeti.

Seguem-se, ainda durante amanhã, sessões sobre a abordagem da UE à Saúde Global — com a diretora-executiva da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), Emer Cooke, e a diretora do Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC), Andrea Ammon, entre outros — e sobre a Governação Global da Saúde em África, com a participação do diretor do Centro Africano para a Prevenção e Controlo de Doenças (ACDC), John Nkengasong.

A tarde é dedicada à discussão do impacto das alterações climáticas nas doenças zoonóticas (transmitidas por animais), da resistência antimicrobiana ou da liderança para uma cobertura de saúde universal.

Entre os participantes das sessões da tarde figuram a Alta Comissária para os Direitos Humanos das Nações Unidas, Michelle Bachelet, o presidente do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Fernando de Almeida, o subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal, ou a diretora geral de Alimentação e Veterinária, Susana Pombo.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, encerram a conferência.

Leia Também: Casos de tuberculose continuam a descer em Portugal