Início Notícias Funcionários podem detetar ciberataque? Um terço das empresas com dúvidas

Funcionários podem detetar ciberataque? Um terço das empresas com dúvidas

O teletrabalho tornou-se uma realidade há sensivelmente um ano, mas um estudo da S21sec revela que 36% das empresas não têm a certeza se os seus colaboradores são capazes de prevenir e detetar um ciberataque.

“A S21sec conclui ainda que 38% das empresas reconhece que foram vítimas deste tipo de ataques no último ano. Quando efetuados com sucesso, o impacto de um ciberataque traz consequências graves não só para o negócio de qualquer organização, mas também para a reputação da marca”, de acordo com um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Em Portugal, a S21sec regista que os principais ciberataques são realizados com recurso ao phishing e à partilha e distribuição de malware, “com técnicas cada vez mais aprimoradas pelos atacantes”.

Leia Também: Michel pede a Putin “progresso sustentado” em assuntos como ciberataques