Início Mundo Timor-Leste com mais nove casos e um total de 211 ativos no...

Timor-Leste com mais nove casos e um total de 211 ativos no país

O coordenador da equipa para a Prevenção e Mitigação da covid-19 da Sala de Situação do Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC), Rui Araújo, explicou que nas últimas 24 horas se detetou um caso num município ainda não afetado, Lautem, na ponta leste.

Os novos casos incluem ainda quatro em Díli e quatro em Viqueque.

“O caso de Lautem foi de uma pessoa que viajou de Díli em 18 de março, com autorização dada pelo CIGC por razões humanitárias. É um estudante da UNITAL que viajou para a aldeia de Reisoru (Lospalos Vila)”, explicou.

Rui Araújo disse que só a partir de 19 de março se começou a implementar a regra de que quem pretenda viajar para fora da cerca sanitária de Díli terá não só de preencher os requisitos previstos nas exceções, mas também apresentar um teste negativo da covid-19.

“Apesar disso, para pessoas que viajaram antes disso, as equipas de saúde nos municípios foram sempre alertadas com antecedência para poder monitorizar quem viajou”, referiu.

Ainda assim, Rui Araújo repetiu o apelo “a quem tenha viajado de Díli entre 05 e 09 de março para que se apresente às autoridades de saúde nos locais onde estão”, pedindo a toda a população que tenha quaisquer sintomas para que vá aos centros de saúde.

Desde 07 de março, foram detetados em Díli 183 casos, com 35 focos da doença, das quais 14 focos não registam qualquer novo caso há uma semana.

O porta-voz do CIGC explicou que nas últimas 24 horas o Laboratório Nacional processou 656 testes, tendo atualmente uma capacidade ampliada de análise que chega aos mil testes por dia.

Entre 19 e 22 de março o Laboratório Nacional “fez testes a 420 pessoas que tiveram autorização especial para poder sair de Díli”.

Essa “autorização excecional tem de preencher os critérios definidos na resolução do Governo. Não há qualquer pagamento pela obtenção dessa autorização, que só pode ser dada pelo CIGC”, disse.

Rui Araújo referiu-se ainda ao caso de uma paciente atualmente positiva que sofria, antes da infeção, de insuficiência renal crónica.

“Hoje recebeu hemodiálise no Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV). A sua situação está estável e a recuperar”, explicou.

Atualmente. e além da capital, há ainda casos positivos nos municípios de Baucau, Covalima, Lautem e Viqueque, e ainda no enclave de Oecusse.

Timor-Leste está a viver a sua pior situação de toda a pandemia, com quatro cercas sanitárias em vigor e três municípios com confinamento obrigatório, incluindo a capital, Díli.

Leia Também: Timor prepara pacote de medidas alargadas de 200 milhões de dólares