Início Mundo Mulher explica risco de segurar chave entre os dedos ao caminhar sozinha

Mulher explica risco de segurar chave entre os dedos ao caminhar sozinha

Uma utilizadora da rede social TikTok fez um vídeo demonstrativo sobre o risco de segurar as chaves entre os dedos – um comportamento adotado por muitas mulheres quando caminham na rua sozinhas.

O vídeo surge na sequência da discussão levantada pela morte de Sarah Everard, no Reino Unido, às mãos de um polícia, quando regressava a casa sozinha. Muitas mulheres falaram sobre o medo de caminhar sozinha na rua e sobre as técnicas que utilizam para se sentirem um pouco mais seguras: como levar as chaves na mão até chegar a casa ou ao carro.

A utilizadora de TikTok ‘@faesfx’ demonstrou, num pequeno clipe, qual a melhor forma de segurar as chaves, sendo que entre os dedos não é a melhor ideia, porque pode fazer mais dano à vítima do que ao agressor.

Segundo o demonstrado no vídeo, que já foi visto mais de 2,6 milhões de vezes, a melhor forma de segurar a chave é no centro da palma da mão cerrada, e não entre os dedos.

Recorde-se que a morte de Sarah Everard colocou nova enfâse na violência contra as mulheres, tendo sido organizada uma vigília com centenas de pessoas em Clapham Common, no sul de Londres, perto do local onde a vítima foi vista pela última vez com vida.

Everard, de 33 anos de idade, estava a regressar a sua casa em Brixton, a cerca de 50 minutos a pé, quando desapareceu por volta das 21h30 do dia 3 de março.

No dia 9 de março, e após quase uma semana de investigação, foi detido Wayne Couzens, agente da polícia britânica. Inicialmente suspeito de rapto, entretanto foi também acusado de homicídio, depois de os restos mortais de Sarah terem sido encontrados num bosque perto da cidade de Ashford, no sudeste de Londres.

Leia Também: “Nem todos os homens agridem”. Vídeo viral desconstrói conceito polémico