Início Notícias Rosier recorda técnico que o "tirou do dia para a noite" no...

Rosier recorda técnico que o "tirou do dia para a noite" no Sporting

Valentin Rosier, lateral-direito francês que está cedido por empréstimo ao Besiktas, concedeu uma extensa entrevista ao jornal francês L’Équipe na qual analisou a passagem pelo clube leonino.

O ex-Dijon assumiu que “não era feliz” no Sporting e lembrou que teve quatro treinadores em apenas uma época: Marcel Keizer, Leonel Pontes, Silas e Rúben Amorim.

“Muitas pessoas disseram-me que ficaram surpreendidos pela minha ida para o Sporting. Aceitei a melhor proposta. Estava muito feliz. O clube estava a jogar na Europa. Receberam-me quando estava lesionado e para mim foi a escolha certa”, começou por dizer o francês.

“Mas trocámos de treinador quatro vezes. Gostei dos dois primeiros, mas não dos dois seguintes. Honestamente foi muito, muito complicado. Antes deste treinador [Rúben Amorim], houve um que me colocou a jogar e me tirou do dia para a noite [Silas], sem dar qualquer explicação. Preciso de estar feliz. Algo que não era no Sporting”, afirmou, antes de falar sobre a época no Besiktas.

“Tem tudo corrido muito bem, melhor do que esperava. No início estava um pouco hesitante, porque não sabia bem, mas foi o melhor. Estamos em primeiro no campeonato, na final da Taça… Está tudo a correr muito bem!. Quero estar num lugar onde me sinta bem e confiante. Por agora quero acabar a época com o Besiktas e ser campeão. Daí em diante logo veremos”, finalizou.

Leia Também: Rosier continua a brilhar na Turquia: Assistência na vitória do Besiktas