Início Mundo Dinamarca reporta mais dois casos de coágulos após vacina da AstraZeneca

Dinamarca reporta mais dois casos de coágulos após vacina da AstraZeneca

A Dinamarca anunciou, este sábado, dois casos de coágulos sanguíneos e hemorragia cerebral após a toma da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca. As reações foram identificadas em dois profissionais de saúde, e para um deles revelaram-se fatais.

As autoridades de Saúde dinamarquesas, citadas pela Reuters, deram conta de que um dos funcionários hospitalares morreu, tendo os dois recebido a vacina menos de 14 dias antes de se verificarem os sintomas.

A agência do medicamento do país confirmou, apenas, a existência de “dois relatos graves”, não adiantando mais detalhes.

A Dinamarca suspendeu o uso da vacina da AstraZeneca, feita em parceria com a Universidade de Oxford, no passado dia 11 deste mês e ainda não retomou o processo, apesar da garantia de segurança dada por parte da Agência Europeia do Medicamento (EMA). 

No total, até pelo menos dia 10 de março, eram já 21 países a nível global a terem suspendido a vacina: Suécia, Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, França, Noruega, Áustria, Roménia, Estónia, Países Baixos, Islândia, Lituânia, Letónia, Bulgária, Luxemburgo, Chipre, Irlanda, Dinamarca, Indonésia e Venezuela. Tendo alguns voltado atrás com a decisão depois da declaração da EMA, feita na quinta-feira, nomeadamente Portugal.

Mais de 17 milhões de pessoas na União Europeia e no Reino Unido receberam a vacina da AstraZeneca. 

Leia Também: Dinamarca suspende utilização da vacina AstraZeneca