Início Notícias Chefes de diplomacia da UE debatem Turquia e falam com Bachelet

Chefes de diplomacia da UE debatem Turquia e falam com Bachelet

 

Após uma videoconferência, na sexta-feira, entre o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, os ministros dos Negócios Estrangeiros vão “avaliar o estado atual das relações com a Turquia”.

A discussão entre os ministros sobre Ancara servirá para preparar a cimeira europeia — que terá lugar na mesma semana, entre 25 e 26 de março –, em os líderes dos 27 irão discutir a situação no Mediterrâneo Oriental, e o Alto Representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, Josep Borrell, irá apresentar um relatório sobre o atual estado das relações com a Turquia.

Os chefes da diplomacia europeia irão também abordar a vizinhança do Sul, depois de os chefes de Estado e de Governo da UE terem debatido o assunto durante a última reunião que tiveram, entre 25 e 26 de fevereiro.

Os ministros vão ainda trocar impressões com a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, estando previsto que anunciem o lançamento de um “diálogo estratégico” entre a UE e a responsável, no âmbito de uma nova iniciativa que tem como objetivo “fortalecer a contribuição da UE para o multilateralismo baseado em regras”.

No que se refere aos assuntos correntes, os ministros irão discutir as relações com a Venezuela, devendo, segundo a agenda da reunião, reiterar a necessidade de “uma solução política para a crise”.

A discussão surge após a expulsão, pelo governo de Nicolas Maduro, da representante permanente da UE na Venezuela, Isabel Brilhante Pedrosa, e da subsequente decisão europeia de declarar o embaixador venezuelano junto da UE ‘persona non grata’.

Além disso, os ministros irão também fazer um ponto de situação sobre as relações com Moscovo – após terem decidido, em 22 de fevereiro, introduzir sanções a responsáveis russos pelo envenenamento do opositor Alexei Navalny – de maneira a preparar a reunião dos líderes dos 27 que irão ter “um debate estratégico” sobre a Rússia.

A reunião entre os chefes da diplomacia europeia terá início às 09:30 de Bruxelas (08:30 de Lisboa).

Leia Também: Ministros da Agricultura debatem reforma da PAC com vista a acordo