Início Mundo Mais de uma centena de imigrantes resgatados ao largo das Canárias

Mais de uma centena de imigrantes resgatados ao largo das Canárias

 

De acordo com fontes do salvamento marítimo, citadas pela agência Efe, a embarcação “Salvamar Al Nair” resgatou 34 imigrantes de origem norte-africana, incluindo dois menores, após a embarcação improvisada em que viajavam ter sido avistada por uma patrulha da Guarda Civil a cerca de 11 quilómetros da costa de Arrieta, no norte de Lanzarote.

Relataram também que quando a Guardamar Concepción Arenal se dirigia para Arguineguín com 36 imigrantes que tinham sido resgatados 150 quilómetros a sul da Gran Canária, recebeu um alerta de que outra embarcação improvisada tinha sido avistada com 38 pessoas, tendo indo em seu auxílio.

Os 36 imigrantes resgatados são 18 mulheres, 14 homens adultos e quatro menores, dois deles muito jovens, segundo as equipas de salvamento marítimo, adiantando que outra pessoa que viajava no bote, morreu e foi atirada borda fora durante noite.

O avião do serviço de salvamento marítimo Sasemar 103, que procurava outros barcos que partiram nos últimos dias da costa do Saara Ocidental para as ilhas Canárias, avistou este batelão.

Estes três salvamentos têm lugar horas após a admissão no Hospital Materno Infantil de Las Palmas de Gran Canária de duas mulheres, uma grávida, dois homens adultos e nove menores, incluindo uma menina em estado crítico, que se encontravam noutra barcaça com 43 adultos que foram ajudados na terça-feira à tarde pelo “Salvamar Macondo”.

Com o falecido relatado pelos ocupantes do último bote à tripulação da Rescue, pelo menos 17 pessoas morreram já este ano nesta rota migratória.

Leia Também: EUA garantem que fronteira com o México “não está aberta” aos migrantes