Início Mundo Deputado que criou lei contra obrigatoriedade de vacina morreu de Covid

Deputado que criou lei contra obrigatoriedade de vacina morreu de Covid

O deputado do PSL (Partido Social Liberal) do estado de Mato Grosso, no Brasil, morreu no sábado passado, aos 54 anos de idade, depois de ser hospitalizado por causa da Covid-19.

Silvio Antônio Fávero foi internado no dia 4 de março, em Cuiabá, e o seu caso agravou-se nos dias seguintes, no “quadro de uma infeção generalizada”.

A família deu conta do seu falecimento através das redes sociais. “Deixa um grande legado de trabalho, alegria e amor pela vida por onde passou”, escrevem.

Ainda no seu primeiro mandato, o também advogado e empresário foi autor de um projeto de lei, apresentado em fevereiro, onde rejeitava a obrigatoriedade da vacina, apelidando-a de inconstitucional, e propondo que cada pessoa escolhesse ser ou não imunizado.

O projeto de lei foi aprovado pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da assembleia de Mato Grosso, a 18 de fevereiro. Nas redes sociais, falava sobre a chegada das vacinas ao estado, incentivando a vacinação a quem assim o desejasse.

Leia Também: Brasil vive o maior colapso sanitário e hospitalar de sua história