Início Notícias Covid-19: África do Sul aprova uso da vacina Pfizer/Biontech

Covid-19: África do Sul aprova uso da vacina Pfizer/Biontech

 

A Autoridade Reguladora de Produtos de Saúde da África do Sul (SAHPRA, na sigla em inglês) refere, em comunicado divulgado no sítio oficial de internet, que “a SAHPRA aprovou o licenciamento da vacina Comirnaty Pfizer/Biontech”.

A África do Sul encomendou 20 milhões de doses da nova vacina, segundo a imprensa sul-africana.

O Governo iniciou a campanha de vacinação com a vacina da farmacêutica norte-americana Johnson & Johnson no mês passado, depois de ter suspendido em 8 de fevereiro o início da vacinação contra a covid-19 com o fármaco AstraZeneca devido à falta de eficácia contra a variante 501Y.V2 do novo coronavírus, dominante no país.

O número de profissionais de saúde vacinados ascende a 157.286, segundo as autoridades da saúde sul-africanas.

A meta do Governo sul-africano é vacinar dois terços da população de 59 milhões de habitantes até ao final do ano.

A África do Sul, com cerca de 9,5 milhões de testes realizados, contabiliza 1.530.966 pessoas infetadas com o novo coronavírus SARS-CoV-2 e 51.560 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia em março do ano passado, segundo o Governo.

As autoridades da saúde sul-africanas detetaram em 05 de março de 2020 a primeira infeção, na província do KwaZulu-Natal, litoral do país, importada de Itália.

 

Leia Também: AO MINUTO: Semana com “menos óbitos em lares”. Subsídio por pagar