Início Mundo Alemanha deteve um cidadão da Gâmbia suspeito de crimes contra humanidade

Alemanha deteve um cidadão da Gâmbia suspeito de crimes contra humanidade

 

Segundo a mesma fonte, o homem, apresentado apenas como Bai L., foi preso em Hanover, no noroeste da Alemanha e o apartamento onde vivia foi revistado.

O detido, que é suspeito de ter sido, entre dezembro de 2003 e dezembro de 2006, o comandante de uma unidade das forças armadas responsável pela execução de críticos do regime, em Banjul, segundo o Ministério Público de Karlsruhe (sudoeste) é também suspeito de homicídio e tentativa de homicídio.

O objetivo destas execuções era “intimidar a população da Gâmbia e oprimir a oposição”, disse o Ministério Público alemão, em comunicado.

Sobre o detido recaem ainda suspeitas de ter participado em três “operações de liquidação”: contra um advogado, em dezembro de 2003, que conseguiu sobreviver aos ferimentos, contra um jornalista, em 2004, e em 2006 contra um adversário.

A justiça alemã aplica o princípio da “jurisdição universal”, que permite que os crimes sejam julgados na Alemanha, independentemente do local do mundo onde foram cometidos.

O Ministério Público não deu qualquer indicação sobre as circunstâncias da chegada do homem à Alemanha.

Yahya Jammeh chegou ao poder em 1994, na sequência de um golpe de Estado naquele pequeno país de língua inglesa da África Ocidental, e durante 22 anos liderou um regime de repressão feroz, marcado pela tortura, violação e execuções extrajudiciais na Gâmbia.

Leia Também: Covid-19: Alemanha contabiliza 238 mortes e mais 5.580 infetados