Início Mundo Após 42 dias em coma devido à Covid-19, sai do hospital e...

Após 42 dias em coma devido à Covid-19, sai do hospital e ganha a lotaria

Costumam dizer que depois da tempestade vem a bonança e Rogério Maria, um brasileiro de 51 anos, é a prova viva disso. Depois de ter passado 68 dias internado devido à Covid-19, 42 dias dos quais em coma, o analista de sistemas ganhou a lotaria.

Ao site G1, Rogério Maria, que mora em Campinas, conta que foi infetado em julho, no pico da primeira vaga da pandemia, no Brasil. Poucos dias depois dos primeiros sintomas, o brasileiro teve de ser internado devido ao agravamento do seu estado de saúde.

A partir daí a sua memória desvaneceu. “Sentei-me na cadeira de rodas e passei pelo corredor do hospital. Essa é a única lembrança que tenho daquele dia, antes dos 42 dias em coma”, revelou à publicação brasileira.

Apesar de não se recordar, Rogério precisou de ser entubado e de uma traqueostomia. Teve uma pneunomia e uma infeção bacteriana. 80% dos pulmões ficaram comprometidos e ainda sofreu uma trombose. Durante 28 dias fez hemodiálise.

“A minha família foi chamada duas vezes para se despedir de mim, porque os médicos não acreditavam na recuperação”, revela, emocionado. 

Rogério acabou por acordar com menos 27 quilos, queda de cabelo, perda de memória, pele mais escura (devido aos medicamentos) e ainda lesões nos nervos periféricos das duas pernas. Após 26 dias a recuperar numa enfermaria, teve alta.

Durante a primeira quinzena, nem se conseguia levantar da cama. Contudo, passados alguns dias e com muita persistência, começou a dar uns passos.

Apesar destas dificuldades e do seu estado de saúde débil, a família de Rogério teve problemas no acesso aos apoios, alegadamente, dados pelo governo brasileiro aos doentes. 

Em dezembro, a família lançou uma petição online para ajudar nas despesas do tratamento e preencheu, junto com um grupo de amigos, um boletim da lotaria de fim de ano. 

O que Rogério estava longe de imaginar é que esta fosse a sua sorte grande. O grupo acertou na chave e cada um deles recebeu 7.325.26 reais, ou seja, cerca de 110 mil euros. 

Apesar de o ano de 2021 ainda acalentar muitos desafios, Rogério explica que este dinheiro é o recomeço que precisava para ajudar na sua recuperação física, mental e económica.

Leia Também: Brasil sem pedidos de voos extraordinários para Portugal