Início Tecnologia Redes sociais devem identificar abusadores, diz líder do futebol inglês

Redes sociais devem identificar abusadores, diz líder do futebol inglês

A Football Association (equivalente à Federação Portuguesa de Futebol) apelou às principais redes sociais – Facebook, Twitter e Instagram – que reforcem o combate a assédio e discurso de ódio.

O apelo foi feito depois de um árbitro da Premier League, Mike Dean, ter recebido ameaças de morte e de vários jogadores terem recebido abusos racistas ao longo da época, conta a SkySports.

“Penso que devia haver uma forma de os utilizadores serem identificados. De momento conseguem evitar completamente qualquer responsabilidade pessoal e pensamos que têm de encarar aquilo que estão a fazer nas redes sociais”, afirmou o CEO da Football Association, Mark Bullingham.

A Football Association acredita que no futuro as rede sociais devem ser “responsabilizadas” pelo conteúdo que é publicado nas suas plataformas, indicando que devem usar nova tecnologia para evitar que os utilizadores sejam alvos de abusos.