Início Notícias Reguladores aprovam aquisição da Bethesda pela Microsoft

Reguladores aprovam aquisição da Bethesda pela Microsoft

A aquisição da ZeniMax (empresa-mãe da Bethesda) pela Microsoft foi aprovada pelos órgão reguladores na Europa e nos EUA, com a Comissão Europeia e a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA a não verem quaisquer problemas com o negócio.

A intenção da Microsoft de adquirir a ZeniMax foi tornada pública em setembro de 2020, com o negócio a poder agora ser completado. A aquisição significa que a Microsoft detém agora todos os estúdios da ZeniMax, incluindo a Bethesda (‘The Elder Scrolls’ e ‘Fallout’), a id Software (‘Doom’), a Arkane Studios (‘Dishonored’ e ‘Prey’), a MachineGames (‘Wolfenstein’) e a Tango Gameworks (‘The Evil Within’).

Significa isto também que a Microsoft pode decidir oferecer todo o catálogo de títulos destes estúdios no seu serviço Xbox Game Pass, uma intenção que já foi manifestada pela empresa. É de esperar que tal aconteça na segunda metade de 2021. Quanto a futuros títulos, também é possível que venha a existir algum tipo de exclusividade para estes estúdios.