Início Tecnologia Facebook acusado de racismo sistémico em recrutamento

Facebook acusado de racismo sistémico em recrutamento

A Reuters está a avançar com a notícia de que o Facebook está a ser investigado nos EUA devido a alegado racismo sistémico nas práticas de contratação e até promoções dentro da empresa.

A natureza da investigação ainda não é clara mas, de acordo com fontes da publicação norte-americana, as queixas baseiam-se em avaliações subjetivas e estereótipos racistas. No que diz respeito ao pagamento de bónus, o valor atribuído pelo Facebook é alegadamente inferior em novas contratações de colaboradores negros.

Ainda não é claro se esta investigação terá algum tipo de consequência para o Facebook mas, em todo o caso, não é a primeira vez que o processo de recrutamento da empresa tecnológica é sinalizado. Já em 2017 a empresa foi acusada por motivos semelhantes.