Início Mundo Pedida perpétua para turistas americanos que mataram polícia em Itália

Pedida perpétua para turistas americanos que mataram polícia em Itália

Uma procuradora pediu que os dois estudantes americanos que foram acusados de matar um polícia italiano sejam condenados a pena de prisão perpétua, avança a AP.

Maria Sabina Calabretta indicou ainda, na sua acusação, que Finnegan Lee Elder, de 21 anos, e Gabriel Christian Natale-Hjorth, de 19, devem ser colocados na solitária durante o dia.

Recorde-se que os turistas norte-americanos foram detidos em Roma depois de terem sido identificados como responsáveis pela morte do polícia Mario Cerciello Rega, de 35 anos, no dia 26 de julho de 2019. O agente foi esfaqueado e acabou por morrer.

A procuradora descreveu Cerciello Rega como “um homem bom” que foi assassinado num “ataque mortal e desproporcionado”.

Notícias ao MinutoGabriel e Finnegan, no decorrer do julgamento© Alberto Pizzoli/Pool via REUTERS

Os jovens estudantes, naturais da Califórnia, estariam a tentar comprar droga mas terão sido enganados pelo vendedor, que depois perseguiram e ameaçaram. O vendedor concordou em devolver-lhes o dinheiro mas ao invés disso chamou a polícia. Mario Cerciello Rega, de 35 anos, terá respondido à ocorrência, acabando por enfrentar os estudantes, que o esfaquearam oito vezes.

Leia Também: Covid-19: Itália com mais de 23 mil novos casos reforça limitações