Início Mundo Milhares de pessoas em manifestação em Viena contra medidas de proteção

Milhares de pessoas em manifestação em Viena contra medidas de proteção

Os manifestantes, que também chegaram de fora de Viena em comboios e autocarros, concentraram-se na central Heldenplatz (Praça dos Heróis) e Maria-Theresien Platz, onde, apesar da presença da polícia, as distâncias nem sempre foram respeitadas nem o uso de máscaras.

Os participantes gritaram ‘slogans’ contra o chanceler, o conservador Sebastian Kurz, enquanto sopravam apitos e lançavam ‘slogans’ contra o governo ou questionavam a existência do SARS-CoV-2.

Os manifestantes formaram um grupo muito heterogéneo, onde estavam desde negacionistas da pandemia até à extrema-direita e famílias, que protestaram contra o impacto económico das restrições.

O partido ultranacionalista FPÖ aproveitou a mobilização para realizar um comício improvisado num pequeno palco na Maria-Theresien Platz.

Ao mesmo tempo, grupos de esquerda antifascistas organizaram uma contramanifestação num parque a poucas centenas de metros da marcha anticovid, que contou com a presença de cerca de 200 pessoas em bicicletas e que foi rapidamente dissolvida pela polícia.

Apesar das restrições governamentais, nas últimas 24 horas foram registados 2.557 novos casos de coronavírus e 25 óbitos, o que coloca a incidência acumulada a 7 dias por 100.000 habitantes em 174,7.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.581.034 mortos no mundo, resultantes de mais de 116 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Ultrapassámos os 809 mil casos; Superior longe da normalidade