Início Notícias "Golo cedo deitou por terra a nossa estratégia"

"Golo cedo deitou por terra a nossa estratégia"

Ricardo Soares, treinador do Gil Vicente, admitiu que o golo madrugador do FC Porto mudou a estratégia que tinha para o encontro, mas destacou a boa exibição dos seus jogadores no segundo tempo.

Sofrer cedo: Sofremos novamente um golo ao começar o jogo e isso deita por terra qualquer estratégia. Sabíamos que o FC Porto vinha ferido e ia entrar forte e tivemos muitas dificuldades no início, a relva fantástica ajudou. Tivemos dificuldades a tapar o portador da bola. Atendendo à circulação rápida o FC Porto atacou-nos a profundidade. Em cantos e numa segunda bola sofremos golo. Continuámos a ter dificuldades, mas melhorámos nos últimos 15 minutos.

Retificações: Alterámos posicional e estrategicamente na segunda parte, fomos mais pressionantes. Mas depois o talento do Sérgio… Fez excelente golo. Obtivemos o equilíbrio e mantivemos a serenidade, se surgisse um golo podíamos ter entrado no jogo, mas não surgiu.

Melhorias: Faltou-nos bola, o FC Porto faz pressão muito forte no corredor. Não fizemos como devíamos a pressão e o FC Porto com jogadores extremamente rápidos e talentosos criou-nos dificuldades. Mostrámos na segunda parte um equilíbrio bom, tudo foi diferente. Não criámos tantas oportunidades, mas estamos a jogar com o FC Porto que tem outros objetivos. Penso que demos uma boa resposta na segunda parte.

Leia Também: FC Porto regressa aos triunfos e deixa Sp. Braga pressionado