Início Notícias Wall Street fecha em alta clara graças aos bons números do emprego

Wall Street fecha em alta clara graças aos bons números do emprego

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average ganhou 1,85%, para os 31.496,30 pontos. O tecnológico Nasdaq progrediu 1,55%, para as 12.920,15 uniddes, e o alargado S&P500 subiu 1,95%, para as 3.841,94.

“Assistimos hoje a uma bela reviravolta”, comentou Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities, depois de Wall Street ter aberto sem orientação, com o Nasdaq a refletir em particular as inquietações dos investidores com a subida das taxas das obrigações.

No conjunto da semana, o Nasdaq é o único a apresentar uma evolução negativa (baixa de 2,06%), ao passo que o Dow Jones avançou 1,85% e o S&P500 subiu 0,81%.

A forte criação de emprego em fevereiro — 379 mil, o triplo de janeiro –, bem como a descida da taxa de desemprego para 6,2%, “constituíram um bom relatório sobre o mercado de emprego, mesmo que ainda e esteja longe do pleno emprego”, acrescentou.

Estes empregos foram criados principalmente em bares e restaurantes, mas também em outras atividades ligadas ao tempo livre e hotelaria, bem como nos serviços de saúde, comércio retalhista e indústria transformadora.

“Se os rendimentos obrigacionistas estabilizarem onde estão”, um pouco acima dos 1,50% para os títulos a 10 anos, “podemos dizer sem risco que o mercado deixou de recuar”, acrescentou Cardillo.

Muitos analistas consideraram a progressão dos rendimentos das obrigações, que atingiram durante a manhã um máximo de um ano, em 1,62%, como a antecipação da ressurgência da inflação nos EUA, em resultado da reanimação da economia e da campanha de vacinação.

Um cenário destes poderia levar a Reserva Federal a alterar a sua política de compras de ativos e subir as suas taxas de juro de referência.

Mas o seu presidente, Jerome Powell, voltou a afirmar esta semana que não considera esta possibilidade a curto prazo e classificou coo provisória uma eventual subida dos preços.