Início Notícias Caçadores no Wisconsin mataram 216 lobos em menos de 60 horas

Caçadores no Wisconsin mataram 216 lobos em menos de 60 horas

Na semana passada, caçadores no Wisconsin, nos Estados Unidos, mataram 216 lobos-cinzentos em menos de 60 horas, segundo o The Guardian. A matança excedeu o limite do estado que permite que sejam abatidos 119 lobos durante a época de caça a estes animais.

Por esse motivo, o departamento de Recursos Naturais do Wisconsin deu por terminada a época de caça do lobo deste ano, quatro dias antes do previsto (devia decorrer durante uma semana).

Embora os responsáveis do departamento de Recursos Naturais tenham ficado surpreendidos com o elevado número de lobos-cinzentos mortos, descreveram a população como “robusta, resiliente” e demonstraram confiança numa gestão “adequada” da população de lobos-cinzentos daqui em diante.

A filial da Humane Society of the United States do Wisconsin expressou a sua revolta pela quantidade de lobos-cinzentos que foi abatida num espaço tão curto de tempo. “Esta é uma semana profundamente triste e vergonhosa para o Wisconsin”, sublinhou Megan Nicholson, a responsável desta organização no Wisconsin.

“A caçada desta semana prova que agora, mais do que nunca, os lobos-cinzentos precisam que as proteções federais sejam restabelecidas para protegê-los de gestões estaduais pouco clarividentes e letais”, vincou Nicholson.

Em 2014, um juiz federal decidiu que os lobos-cinzentos deviam voltar a fazer parte da lista de espécies em perigo. Mas no ano passado a administração Trump retirou esta espécie da lista.

Leia Também: Moçambique. 111 golfinhos encontrados em praia morreram encalhados